Central de Adubos

Drenagem de solo permite reduzir os riscos de distúrbios fisiológicos das plantas após excesso de chuvas

A melhor forma de evitar tantos prejuízos com as precipitações é a prevenção. É possível garantir que a chuva não irá cair em maior volume? Não, mas é possível controlar a umidade do solo através da drenagem adequada para reagir apropriadamente. Aqui, na região do Vale do São Francisco, os produtores tiveram mais uma etapa a ser vencida diante das precipitações ocorridas entre os meses de outubro e novembro. De acordo com o engenheiro agrônomo e consultor técnico na cultura da Manga, Eduardo Ferraz, os volumes foram atípicos e surpreendentes para o período.

Missão cumprida: Manga Tec 2022 supera expectativas e tem recorde de público em Petrolina 

Sucesso absoluto, o Manga Tec 2022, realizado pela Central de Adubos, alcançou o seu principal objetivo: transferir conhecimento e agregar valor à cultura de maior volume de produção não apenas no Vale do São Francisco, mas no Brasil. Para se ter uma ideia, a região possui atualmente cerca de 50 mil hectares de área plantada de manga, que geram uma produção de 1 milhão de toneladas por ano. Desta, 25% é exportada, o que corresponde a 87% da fruta exportada pelo país. Com números tão expressivos, o Vale abriga há seis anos o maior evento voltado para a mangicultura do Brasil, que neste sábado (22) contou com a participação de muitos produtores, que compareceram ao Iate Clube e assistiram a palestras com temas de imprescindíveis relevâncias e tiveram ainda a oportunidade de fechar negócios importantes com os fornecedores mais renomados do mundo, parceiros do Manga Tec 2022.

Brasil e Estados Unidos firmam acordo para agilizar exportação

Após sete anos de negociações, a Receita Federal brasileira assinou acordo de reconhecimento mútuo (ARM) com a aduana norte-americana. A partir disso, as empresas brasileiras certificadas como operadores econômicos autorizados (OEA) poderão exportar mais rapidamente e com menos burocracia para os Estados Unidos (EUA).

Com essas iniciativas, as alfândegas dos países reconhecem empresas que operam a cadeia logística internacional com garantia da segurança das cargas e as normas tributárias e aduaneiras. A adesão aos programas é voluntária.

Lançamento da Syngenta, Miravis Duo pode controlar 40 doenças em 17 culturas

Honrando seu DNA, voltado para o desenvolvimento de defensivos, a Syngenta lança no mercado o Miravis Duo. O fungicida traz para o manejo dos produtores de hortifrútis (HF) uma tecnologia inovadora com alto espectro de atuação e resultado satisfatório. Já presente no portfólio da Central de Adubos, o Miravis Duo chegou para “instaurar uma nova dimensão de controle de doenças no Brasil”.

É o que explica o representante de desenvolvimento técnico de mercado da Syngenta, Benigno Almeida. “É um fungicida que é simplesmente poderoso. É um novo grupo químico que entrega o controle de diversas doenças, principalmente no HF, que é o grande foco da Central aqui no Vale do São Francisco e no Nordeste. Então, é algo disruptivo, que a gente está trazendo para mudar, para instaurar uma nova dimensão de controle de doenças no Brasil”.