Central de Adubos

Termos de cooperação entre Sebrae, Seagri e Abrafrutas levam benefícios à fruticultura do Vale do São Francisco

Com o objetivo de promover o combate e monitoramento da mosca das frutas, foi realizada, nessa terça-feira (25), no Centro de Excelência em Fruticultura do Senar, em Juazeiro, a assinatura de dois termos de cooperação entre o Sebrae, a Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) e a Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), com o apoio do Sistema Faeb/Senar e da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB). Participaram da cerimônia produtores rurais dos municípios de Juazeiro, Casa Nova, Sobradinho, Uauá e Petrolina, além de dirigentes de órgãos municipais e estaduais, empresários, sindicatos e cooperativas do Vale do São Francisco.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Vitor Lopes, representou o superintendente Jorge Khoury, ao lado do analista de agronegócios do Sebrae Nacional, Vitor Ferreira, e do gerente da unidade regional em Juazeiro, Carlos Cointeiro.

Para Lopes, a presença maciça dos produtores, que são os maiores atores do projeto de crescimento do setor, expõe um cenário otimista para o Sebrae e seus parceiros na realização de um projeto inovador, com tecnologia de ponta no combate à praga da mosca das frutas. “Além de recursos financeiros, os convênios assinados envolvem, sobretudo, a articulação ajustada da parte técnica das várias instituições, capazes de viabilizar e acelerar o processo de desenvolvimento do setor em toda a região”, afirmou.

O titular da Seagri, Wallison Oliveira Torres (Tum), destacou a importância da união entre governo, parceiros e produtores para o sucesso do combate à praga da mosca das frutas. “O sucesso do combate à praga da mosca das frutas começa pelo engajamento de todos os envolvidos, cada um fazendo a sua parte. E o governo da Bahia está pronto para dar a sua contribuição”, afirmou.

Os convênios preveem identificar as perdas de produtividade em relação aos danos causados pelas moscas das frutas e promover a redução dos ataques em frutos hospedeiros nos pomares das plantações da região.

O evento contou com a palestra “Impacto da Mosca das Frutas na Comercialização de Frutas do Vale do São Francisco”, apresentada pelo economista e pesquisador João Ricardo Ferreira Lima, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Estiveram presentes a diretora do Centro de Excelência em Fruticultura do Senar, Tiara Ribeiro, que representou o presidente Humberto Miranda; o secretário da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP) da Prefeitura de Juazeiro, Carlos Neiva; o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Juazeiro, Paulo Sérgio Luz; os presidentes da ADAB, Josival Barbosa, e da Abrafrutas, Guilherme Coelho.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: