Central de Adubos

Preços de alimentos recuam pelo 11º mês consecutivo

O Índice de Preços de Alimentos da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) alcançou média de 129,8 pontos em fevereiro, queda de 1,4 pontos (0,6%) em relação ao mês anterior. O resultado mensal, segundo a FAO, faz parte de uma sequência de baixa de 11 meses consecutivos. O índice já caiu 29,9 pontos (18,7%) em relação ao pico atingido em março de 2022.

“A queda marginal em fevereiro refletiu baixas significativas nos índices de preços de óleos vegetais e laticínios, junto com índices de cereais e carnes ligeiramente mais baixos, mais do que compensando um aumento acentuado no índice de preços do açúcar”, justificou a FAO em seu relatório.

O subíndice de preços dos cereais registrou média de 147,3 pontos em fevereiro, apenas 0,1 ponto (0,1%) abaixo de janeiro e 2 pontos (1,4%) maior do que seu nível há um ano. No caso do milho, os preços subiram apenas 0,1 ponto.

“O apoio decorreu da piora das condições na Argentina e atrasos no plantio da segunda safra de milho, junto com um forte ritmo de exportação no Brasil, enquanto a baixa demanda por suprimentos dos Estados Unidos pesou nos preços de exportação”, informou a FAO.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: