Central de Adubos

Em função da menor oferta, cotações do tomate seguem em alta nos atacados

Por mais uma semana, os preços do tomate registraram alta em todos os atacados acompanhados pelo Hortifrúti/Cepea. O motivo segue associado à diminuição da oferta, reflexo direto da finalização das colheitas em algumas praças produtoras da temporada de inverno. Além disso, com o clima chuvoso persistindo em algumas regiões, ao longo desta semana, a colheita foi um pouco prejudicada, o que também contribuiu para a menor quantidade do produto nos mercados.

Os atacadistas também comentaram que, em decorrência das chuvas, parte dos tomates ofertados já está apresentando problemas relacionados a manchas, além de elevar o descarte, reduzindo também a oferta. Assim, entre os dias 04 e 09/12, a média das cotações ficou da seguinte maneira: na Ceagesp (SP), o produto foi comercializado a R$ 118,00, aumento de 9,48% em relação à semana passada; em Campinas (SP), os valores ficaram em R$ 132,00, 16,66% maior; em Belo Horizonte (MG), os preços foram de R$ 118,88, valorização de 16,55% e, enquanto isso, no Rio de Janeiro (RJ), as cotações fecharam na média de R$ 100,52, 19,34% mais caro.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: