Central de Adubos

Defensivos e irrigação contra os ácaros do tomate

O tomate é um fruto bastante sensível e, por isso, suscetível à ação de pragas que estão sempre ali, rondando o tomateiro. Por essa razão, o produtor não pode descuidar.  Os tipos de pragas do tomate são muitos, cada um mais perigoso e invasivo que o outro, responsáveis por muito prejuízo nas lavouras.

Ácaros

Os conhecidos ácaros-rajados atacam as folhas do tomateiro, alojam-se na parte de baixo e dedicam-se a  sugar, ao mesmo tempo em que surgem pontos amarelo-esbranquiçados, que, em questão de dias, transformam-se em manchas marrom-avermelhadas. As folhas secam totalmente, perdem o vigor de produção, gerando frutos ásperos sem valor de mercado.

Já os conhecidos ácaros-do-bronzeamento deixam as folhas amareladas, deformadas, os frutos não crescem e surgem com aspecto  bronzeado, desgastado pelo sol.

Se não for tratada, a plantação se perde por completo.

Como controlar os ácaros do tomate

O uso de defensivos orgânicos é o mais indicado. Existe uma variedade de opções para cada tipo de plantio, mas uma irrigação contínua é uma maneira eficiente de proteger a plantação.

A orientação dos especialistas é, também, pulverizar a plantação com enxofre, sempre no fim do dia, para não prejudicar as plantas, já que o sol forte ativa os efeitos tóxicos da substância. Mas não esqueça que a adubação correta e equilibrada mantém os tomateiros livres de ácaros.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: