Central de Adubos

Brasil registra alta das importações de fertilizantes

As entregas de fertilizantes ao mercado brasileiro encerraram janeiro de 2023 com 3,42 milhões de toneladas. Volume significa alta de 6,3% em relação ao mesmo mês de 2022, quando foram entregues 3,22 milhões de toneladas. Segundo dados divulgados pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (ANDA), as importações continuam chegando e abastecendo o agro, apesar do cenário logístico desafiador em meio às crises geopolíticas.

Ainda conforme a ANDA, o estado de Mato Grosso foi o líder nas entregas no período, concentrando 28,4% do total, com 973 mil toneladas. Seguem-se: Goiás (549 mil), Paraná (357 mil), Minas Gerais (335 mil) e São Paulo (242 mil).

A produção nacional de fertilizantes intermediários encerrou janeiro de 2023 com 565 mil toneladas. Número representa redução de 9,3% ante o mesmo mês de 2022, quando foram produzidas 623 mil toneladas. Já as importações de fertilizantes intermediários alcançaram, em janeiro, 2,53 milhões de toneladas. É uma diminuição de 22,8% ante o mesmo mês de 2022, quando foram importadas 3,27 milhões de toneladas.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: