Central de Adubos

Brasil poderá aumentar produção de fertilizante

O Brasil importa mais de 80% dos fertilizantes utilizados no agronegócio. Sendo assim, o governo federal pretende elaborar uma política para a ampliação da produção nacional de fertilizantes agrícolas e reduzir a dependência de importação do produto. Um grupo de trabalho (GT) interministerial foi instituído para discutir o tema. 

A reunião, que aconteceu na semana passada no Palácio do Planalto, contou com a participação da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. “O Brasil vem com a sua produção agropecuária crescente, ano a ano, mas numa dependência enorme da importação de fósforo e potássio, principalmente”, explicou a ministra. 

O grupo de trabalho terá 120 dias para produzir um rascunho do plano nacional de fertilizantes para ser apresentado ao presidente da república. Representantes dos Ministérios da Economia, Infraestrutura, Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Minas e Energia, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente, Embrapa, entre outros fazem parte do projeto.  Uma das iniciativas em estudo é a liberação da explosão das reservas de potássio na Amazônia e os recursos minerais em terras indígenas.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: