Central de Adubos

Agropecuária cresce 21,6% no primeiro trimestre, maior alta desde 1996

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,9% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o último trimestre do ano passado. O resultado foi puxado, principalmente, pelo crescimento de 21,6% da agropecuária, maior alta para o setor desde o quarto trimestre de 1996. O PIB, que é a soma dos bens e serviços finais produzidos no Brasil, chegou a R$ 2,6 trilhões em valores correntes.

Conforme dados que foram divulgados pelo IBGE, na comparação com o primeiro trimestre de 2022, o PIB cresceu 4,0%. No acumulado dos quatro trimestres terminados em março de 2023, o PIB registrou elevação de 3,3% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

O crescimento do PIB foi puxado pela alta na agropecuária (21,6%), que tem peso de aproximadamente 8% da economia do país.  “Problemas climáticos impactaram negativamente a agropecuária ano passado e, este ano, estamos com previsão de safra recorde de soja, que representa aproximadamente 70% da lavoura no trimestre, com crescimento de mais de 24% de produção. A safra da soja é concentrada no primeiro semestre do ano. Ao compararmos o quarto trimestre de um ano ruim com um primeiro trimestre bom, observamos esse crescimento expressivo da agropecuária”, analisa a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: