Central de Adubos

Grapa Variedades Brasil aposta em nova variedade de uva resistente a chuvas

Presente no mercado internacional desde o início da década de 90, a Grapa Variedades Brasil é uma empresa líder global especializada na hibridização e licenciamento de variedades de uvas de mesa. Todo o processo realizado pela empresa foi detalhado pela gerente técnica da empresa, Amanda Rodrigues, em entrevista recente ao podcast Da Central para o Campo. 

“A gente faz toda essa parte de desenvolvimento de novas variedades, trazemos a tecnologia americana e hoje adaptamos aqui na região do Vale do São Francisco. Mas estamos presentes em todas as regiões produtoras de uva no mundo. Hoje, entre os programas genéticos, estamos entre os quatro maiores do planeta e temos esse trabalho constante aqui no Vale, priorizando o produtor da região e trazendo sempre inovação no quesito de novas variedades de uva de mesa”. 

Amanda também fez questão de destacar a parceria com a Central de Adubos, que sempre acreditou na Grapa Variedades Brasil. “Desde o começo foi uma das pioneiras que apoiou a causa, que acreditou no material e que vem trabalhando junto com a gente, dando desde o suporte técnico com seu pessoal de campo. Todo mundo participando do processo, ajudando a gente nos desafios que tivemos no dia a dia, até chegar ao que temos hoje, aos resultados que temos hoje, nas nossas variedades”. 

A gerente ainda detalhou como funciona o processo de produção. “A gente tem um campo experimental da Califórnia e a nossa base de genética é toda lá e a gente seleciona, basicamente, um pai e uma mãe que tenham as características que a gente tenha de interesse agronômico, faz um cruzamento em laboratório e a partir dele a gente extrai uma planta, uma mudinha. Essa muda é levada para o campo e a gente começa a avaliar ela agronomicamente falando, quais os caracteres que a gente tem ali que conseguimos visualizar em campo. Sabor, fertilidade, resistência a chuvas, esses são os nossos principais focos”. 

Entretanto, para consolidar uma nova variedade de uva de mesa há um longo caminho a ser percorrido. “As nossas variedades passam por uma peneira muito grande, temos um critério muito bem estabelecido de seleção. Então, hoje, a gente só lança uma variedade que atenda realmente à necessidade do produtor e pensando aqui na condição do Vale do São Francisco, um dos critérios mais importantes para gente é a questão da resistência à chuva. Então, se a nossa variedade não for resistente à chuva, não produzir duas vezes por ano com uma alta fertilidade e produtividade, a gente não está lançando”. 

Entre os produtos mais consolidados, a Arra 15 tem grande destaque. “Hoje já temos uma área já expressiva no Vale do São Francisco, nosso carro chefe é da variedade Arra 15, é uma variedade branca, sem sementes, é a mais conhecida na região e ao redor do mundo. Temos outras variedades, também, a Arra 32 é uma variedade preta, temos algumas codificadas e recentemente estamos lançando também uma variedade nova, vermelha, sem sementes, resistente a chuvas e estamos acreditamos que tem potencial para atender ao mercado de uvas vermelhas, sem semente, aberto para a questão de produção e consumos”.  A nova variedade pretende atender uma das maiores demandas da região, principalmente entre os produtores que apostam na safra do primeiro semestre. “A nossa genética é toda voltada para a resistência às chuvas e essa variedade vermelha que estamos lançando, tanto a Arra 15 que já está no mercado, tem uma boa resistência e essa vermelha foi um dos nossos recentes lançamentos que validamos esse resultado aqui na região e estamos validando em outras partes do mundo como resistente à chuva”, apostou.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: