Central de Adubos

Brasil tem janeiro positivo na exportação de uva, com destaque para o Vale do São Francisco

O Observatório do Mercado da Uva da Embrapa Semiárido disponibilizou as informações sobre os dados de exportações e importações de uva do Brasil.

Em relação aos volumes, em janeiro de 2023 foram 1.402 toneladas (t). A média histórica (até 2020) para este mês é de 1.025 t. No mesmo período de 2021, foram exportadas 950 t e, em janeiro de 2022, foram 1.124 t, ou seja, houve um aumento de 47,58% em relação a 2021 e de 24,73% na comparação com o mesmo período de 2022.

Sobre os valores das exportações, em janeiro deste ano foram obtidos cerca de US$ 2,98. A média histórica (até 2020) para este mês é de, aproximadamente, US$ 2,35 milhões. Em janeiro de 2021, foram gerados US$ 2,34 milhões em receitas e, no mesmo mês em 2022, um total de US$ 2,85 milhões.

Os principais destinos no ano foram a Holanda (30,60%), os Estados Unidos (27,54%), a Espanha (23,81%) e o Reino Unido (13,12%). A principal via de envio foi a marítima (98,63%) e os principais estados de origem da uva foram Pernambuco (48,70%) e Bahia (47,79%).

Sobre as importações, em janeiro, cerca de 106 t de uvas foram importadas do Chile, 87 t da Argentina e 78t do Peru.

A taxa de câmbio esperada pelo mercado para o final do ano de 2023 é de R$5,24 para 1 dólar.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: