Central de Adubos

Adubação Foliar: solução eficaz para nutrição estratégica da planta

A adubação foliar é uma importante estratégia para assegurar a nutrição da planta quando a distribuição de determinados micronutrientes é considerada ineficiente via solo. A aplicação é feita diretamente nas folhas, gerando um fluxo preciso para as áreas que necessitam desse reforço imediato.

A engenheira agrônoma e consultora técnica da Yara, Rose Novaes, explica um pouco sobre a evolução presente na linha de fertilizantes e como eles se aplicam na produção agrícola. “Nós temos uma linha para aplicação que nós chamamos de produtos sólidos porque a aplicação é via solo; a linha de fertirrigação que é aplicada diretamente no sistema de irrigação, onde após a aplicação é diluído; e os adubos foliares, que são os adubos líquidos para aplicação via folha. Então, o nosso grande objetivo é garantir o fornecimento nutricional adequado durante todo o ciclo e de acordo com a demanda”, detalhou.

Na fruticultura irrigada, o uso da linha de fertirrigação conquistou o mercado, agregando praticidade e eficiência. “Nós temos várias tecnologias com foco de aplicação via ferti, com maior solubilidade, que ajuda o produtor no dia a dia, até mesmo na questão operacional. Mas o grande benefício mesmo do produto é a sua qualidade, o que ele vai entregar de melhoria no desenvolvimento da planta, no metabolismo de forma geral e, lógico, produtividade e lucratividade do produtor”. 

Mas, quando se trata do fornecimento de um nutriente indispensável para assegurar uma produção satisfatória dos frutos, Rose revela que a adubação foliar é uma ótima solução. A adubação foliar é um dos grandes trunfos para explorar o máximo potencial da planta. “Por exemplo: nós sabemos que o cálcio é um nutriente que não se transloca na planta. É um elemento importante, estrutural, mas não tem uma capacidade de translocação. Então, quando você aplica ele via solo, está trabalhando a parte estrutural da planta. Mas, em alguns momentos, como na fase da florada, de desenvolvimento do fruto, que são fases extremamente importantes que tenha cálcio, se você faz a aplicação via folha, consegue que a planta absorva isso levando esse nutriente até o ponto desejado, que é para a flor. No solo, não há como garantir 100%, então é um aporte que você faz para dar garantias que dentro daquele time específico em que você precisa, aquele nutriente, de fato, será metabolizado pela planta”, reforçou.

E para uma aplicação ainda mais eficaz, a engenheira agrônoma destaca a importância da análise de folhas para “ver como está essa translocação de nutrientes análise de reserva”.

Parceria

Parceira da Central de Adubos há 30 anos, a Yara assume a mesma missão de levar tecnologias em soluções agrícolas de alta qualidade. “É tanto que o nome Central de Adubos remete muito ao nosso DNA, que é a questão do fertilizante, e é uma parceria que vem se fortalecendo cada vez mais porque vejo que são empresas que têm o mesmo ideal, que é levar a tecnologia de qualidade, com assistência para o produtor e contribuir com o desenvolvimento da agricultura de uma maneira geral”, relembra Rose.

QUEM LEU ESSA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU ESTAS: